Relato de Parto – Biel

Esse post termina com o Biel em meus braços, mamando em sua primeira hora de vida. Para os ansiosos ou para quem chegou aqui pela primeira vez, tive um parto natural (livre de qualquer tipo de intervenção), na qual o respeito, o carinho estiveram presente em todos os momentos. Biel nasceu às 6:06am do dia 18 de março de 2013 com apgar 9/10, 52cm e 3,475g de muita gostosura.

Relato de parto – parte 1
Relato de parto – parte 2
Relato de parto – parte 3
Relato de parto – parte 4

Publicado em filhote, parto natural, Relato de parto | Deixar um comentário

Decor

Comentei que mudei de casa em março né? E que na verdade só comecei a organizar as coisas nas férias. Foi aí que a casa perdeu aquele “ar” eternamente bagunçado e começou a ter  uma carinha mais simpática. Ainda não terminei de fazer tudo que gostaria, porque está faltando dinheiro tempo rss Mas aos poucos chego lá. Devagar, mas sempre.

Enfim… Compartilho alguns cantinhos lá de casa:

– Sala
Amo berinjela, roxo e adoraria ter uma parede da sala com uma cor forte assim. Só que a minha sala atual é muito escura. Diferente do outro apê que era no alto, este é num andar baixo e tem prédios em volta. Não é claustrofobico, porque a área livre é grande, mas por conta dos prédios a incidência de luz é bem menor. Por conta disso, essas cores foram descartadas. Passei a desejar um papel de parede, mas aí… gastar um dinheirão num apê que não é nosso, que não sabemos quanto tempo que vamos ficar… desisti e resolvi procurar uma cor que desse uma bossa e que fosse no meio termo. Passeando pelo pinterest achei essa paleta de cores e curti o lilás acinzentado.

parede da sala_lilasacinzentado_maisju

Para terminar o ambiente e mostrar ele por inteiro faltam: um lustre para sala – cismei com um de cristal quadrado, mas ainda não achei no tamanho e do jeito que quero e um vaso para combinar com uns castiçais que ganhei de casamento e nunca usei. Tanto os castiçais quanto o vaso quero colocar em cima deste aparador da foto.

– Sala/Cozinha

Na verdade é no meio do caminho (risos) é na bancada da minha cozinha americana, ou seja, nem lá e nem cá. No caminho da minha casa para a creche do Biel existem algumas lojas de decoração. Sempre passo por lá correndo, nunca entro, mas sempre entorto o pescoço quando passo para ver as novidades. Até que vi uma bandeja azul turquesa leeaaanda demais da conta. Mas sempre estava com pressa e sempre deixava para amanhã.

Com o tempo surgiu a ideia de fazer um “jardim de cactos”, aí pensei em unir o útil ao agradável e usar a tal bandeja leeaaanda demais da conta para isso. Fui na cadeg, comprei algumas mudas. Ia pintar os vasinhos das plantas, mas minha mãe achou esse cachepot lindo e eu amei. Achei que ficou ryco.

bandeja_cactos_maisju

 

– Quarto do Biel

Queria um papel de parede de nuvens e usar balões como itens de decoração. Mas não gostei de nada que achei para decorar de balão. Aí mudei, resolvi usar balões nas paredes. Procurei papeis de parede de balões, mas o único que gostei, precisava de umas alterações e a pessoa não estava aceitando novas encomendas porque estava com um recém-nascido em casa. Desisti e mandei pintar a parede de um azul esverdeado e colar adesivos de balões e nuvens. Aí resolvi adaptar uns vetores e mandar imprimir os adesivos… Mas fiquei com preguiça e resolvi ser prática e comprar uns adesivos prontos – HA-HA

Parede pintada, adesivos colados… Não colei todos, porque achei que tinham muitas unidades grandes e achei que ficaram faltando alguns menores e com tons de azul para dar uma equilibrada. Encomendei uma nova remessa de balões, dessa vez escolhi um tamanho menor, estou aguardando chegar.

quartoBiel_maisju

Além do projeto parede com nuvens e balões, ainda quero fazer uns quadrinhos decorativos e umas outras coisitas. Também quero mandar fazer umas almofadas de nuvens para colocar no berço que em breve se tornará cama.

– Nosso quarto

Sempre quis uma “gallery wall” com fotos nossas. Projeto antigo toda vida que nunca executava. A nossa vida como casal mudou tanto desde que Biel nasceu, que esse era um projeto que eu queria que fosse só nosso ou pelo menos em grande parte. Por isso tem poucas fotos que ele participa – duas fora e uma dentro da barriga.

Pensei em mandar fazer as molduras, mas ficaria muito caro. Acabei comprando molduras em diversas lojas, comprei uma tinta PVA em papelaria especializada e pintei as molduras. Não sei se a foto passa essa impressão, mas é um vinho puxado para o roxo, é um berinjela um pouco mais quente.

gallerywall_maisju

Também estava cansada da minha colcha velha… Fui em diversas lojas, mas a maioria das coisas que via achava brega ou bege (affff como tudo de casa tem detalhes nessa cor), até que achei essa colcha jeans escuro e AMEY! Achei super diferente!

Eu queria diversas almofadas, mas marido achava pouco prático. Mas me apaixonei pela almofada estampada, achei que ela tinha a cara da decoração e acabei comprando. Em outra loja comprei as outras duas.

detalhe_gallerywall_maisju

– Banheiro

O banheiro foi o mais basiquete. Ele tinha ladrilhos marrom. Eu ODEIO essa cor (risos), estava mega incomodada e a primeira vez que tentei negociar com o dono do apê recebi um “não”, mas quando estava na loja comprando as tintas para a sala e o quarto do Biel resolvi tentar a sorte de novo e recebi um “sim”. Comprei a tinta, aplicamos nos dois banheiros. Pintei também os spots de luz que também eram marrom, com a tinta que sobrou das molduras do projeto do nosso quarto.

Banheiro_maisju

Ainda tem uma série de coisinhas para fazer e arrumar, por enquanto foi isso que o dinheiro e o tempo permitiram hehehe quando fizer mais coisas bacanas, mostro novamente.

Publicado em casa, decoração | 12 comentários

Bolo de laranja com casca

bololaranjacomcasca_maisjuHá um mês postei no instagram (segue aí @maisju) uma foto de um bolo de laranja que fiz, muita gente pediu a receita, mas como ela estava nos meus alfarrábios analógicos não era tão simples compartilhar. Não bastava um ctrl+c e ctrl+v, era necessário pegar o caderno de receitas e passar a limpo para o computador. Como vida de mãe não é mole não, to passando só agora, com quase um mês de atraso, mas ta valendo, né?

Ingredientes bolo:
– 1 laranja pêra inteira (com casca, mas sem caroços)
– Suco de 1 laranja pêra
– 2 ovos inteiros
– 2 xícaras de açúcar
– 3/4 de xícara de óleo
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 2 colheres de sopa de fermento

Ingredientes calda:
– 4 colheres de sopa de açúcar
– Suco de 1 laranja pêra

Modo de preparo:
Colocar no líquidificador uma laranja inteira (com cascas, mas retire os caroços), mais o suco de uma laranja, os ovos e o óleo. Bater bem os ingredientes. Em uma tijela misturar a farinha e o fermento. Depois, acrescentar a massa liquidificada e misturar bem. Despeje numa forma untada e coloque no forno pré-aquecido a 180º.

Para fazer a calda, dissolva o açúcar no suco da laranja e leve ao fogo até levantar fervura. Desligue o fogo e com a calda ainda quente, espalhe por cima do bolo. Espere esfriar para servir.

Publicado em comidinhas | 5 comentários

♥ fofurices por e-mail ♥

Muita gente me manda email pedindo contato da minha médica, querendo mais informações sobre parto humanizado e com algumas acabo trocando um monte de emails, batendo papo mesmo. Depois de um tempo e com a correria do dia a dia, acabamos não nos falando mais.  São pessoas que nunca vi na vida, mas que por conta do mesmo interesse nossos destinos acabaram se cruzando.

Essa semana me surpreendi porque recebi notícias de duas delas (Joana e Thyene), falando sobre o parto e mandando foto de suas crias delícias! Amei, amei, amei! Fofura demais  ♥

Publicado em blog, parto natural | 12 comentários

O renascimento do parto

renascimento-do-parto_MAISJ

❤ HOJE NOS CINEMAS!!!!! ❤

Sei que o caminho para mudar a realidade de cesarianas no Brasil ainda é longo… Mas a estreia de um filme desses é de arrepiar o corpo e a alma. E saber que de certa forma eu, meu filho e meu marido fizemos a nossa parte me deixa muito feliz!

Recomendo fortemente assistir o filme! Informação e conscientização nunca são demais.

Como viver é relembrar: minha trajetória até o parto do Biel.

Publicado em gravidez, parto natural | 5 comentários

Semana Mundial do Aleitamento Materno

SMAM2013_MAISJU

Estamos na ‪#‎SMAM2013‬, a Semana Mundial de Aleitamento Materno e como eu acredito e MUITO nesta causa não poderia deixar passar em branco aqui no blog. E para comemorar, registrar, vou compartilhar com vocês a minha experiência de amamentação. 

Mais do que alimento, nesses quatro meses de vida descobri que amamentar é mais do que isso. Amamentar é conforto, é amor, aconchego. Por isso, sempre que Biel me procura estou disponível para ele, de corpo e alma.

Durante a gravidez eu tive dois grandes medos: cair numa cesárea e não conseguir amamentar. Cesárea porque com a realidade que temos hoje de obstetras no Brasil, eu tinha medo de ser enganada e receber um falso diagnóstico de cesárea ou ainda não ter dilatação, meu corpo travar, etc. E amamentar… sei lá vai que meu corpo não produz leite, vai que minha mente e meu emocional me travam, vai que eu não gosto da sensação, …

Biel nasceu e passou a primeira hora de vida mamando em meu seio esquerdo para ajudar a minha placenta a sair e daí não parou mais. Ele nasceu numa segunda e na quinta o meu leite desceu de fato, antes ele estava sendo alimentado pelo meu colostro.

Não vou dizer que foi fácil. Durante o nosso aprendizado (meu e dele) neste novo ofício, meu seio esquerdo ficou bem machucado e ficou assim por um mês. Não chegou a sangrar, mais ficou ferido e depois que a ferida cicatrizou passou mais um mês sensível. Para amamentar neste seio eu tinha que me concentrar, não conseguia conversar por exemplo. O direito ficou menos ferido e logo logo ficou bom para a guerra.

Neste tempo recorri ao Instituto Fernandes Figueira para acertar a pega e foi fundamental. Peguei sol alguns minutinhos por dia no seio (sol cicatriza). Na minha cozinha bate sol alguns minutinhos toda manhã, eu aproveitava para tomar café e pegar o solzinho. Quando não tinha sol, eu pegava o secador de cabelo e secava bem o seio depois das mamadas. Guardar o seio úmido ajuda a deixar a pele sensível. Ah, depois das mamadas eu também “espirrava” um pouco de leite e passava no mamilo e auréola, o leite materno (LM) tem propriedades cicatrizantes também. Outra coisa que fazia e que me ajudou muito foi ficar com os seios expostos em casa para “arejar”. Nos primeiros dois meses, eu não recebi visita de pessoas de fora da família (somente pais, irmãos e sogros), então passava muito tempo só com o Biel em casa ou só com o Rodrigo, o que facilitou o índia feelings.

Tentei usar aquela pomada lansinoh que comprei na viagem, mas comigo não adiantou muito. Tanto que usei algumas vezes e nunca mais toquei. Estou com vários tubos da pomada fechados aqui em casa. Durante esse tempo que passei com o seio machucado recebi diversas dicas, mas como não utilizei não vou compartilhar porque não sei se elas funcionam. Prefiro compartilhar só o que utilizei.

Meus planos para o aleitamento:
– Amamentar exclusivamente até os seis meses. Biel entra na creche com cinco meses, vou tirar leite e enviar para creche,
– Se possível, mesmo depois que introduzir a alimentação, quero continuar a livre demanda até um ano de idade,
– E se possível ir até ele completar um ano e meio e começar o desmame de forma natural.

Para terminar o post em homenagem a Semana Mundial do Aleitamento Materno, compartilho um texto que aponta os benefícios da amamentação para o baby e para mãe.

Benefícios do Aleitamento Materno (retirado do Portal da Saúde do Governo)
O leite materno é um alimento completo. Isso significa que, até os 6 meses, o bebê não precisa de nenhum outro alimento (chá, suco, água ou outro leite). Depois dos 6 meses, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos. 

É bom que o bebê continue sendo amamentado até 2 anos ou mais. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito, melhor para ele e para a mãe.

Benefícios para o bebê 
– O leite materno tem tudo o que o bebê precisa até os 6 meses, inclusive água, e é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite, porque foi feito para ele.
– Funciona como uma verdadeira vacina, protegendo a criança de muitas doenças.
– Além disso, é limpo, está sempre pronto e quentinho.
– A amamentação favorece um contato mais íntimo entre a mãe e o bebê.
– Sugar o peito é um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, ajuda a ter dentes bonitos, a desenvolver a fala e a ter uma boa respiração.

 Benefícios para a mãe
– Reduz o peso mais rapidamente após o parto.
– Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia de anemia após o parto.
– Reduz o risco de diabetes.
– Reduz o risco de câncer de mama e de ovário.

Publicado em amamentação, filhote | 9 comentários