10 verdades sobre o botijão de gás que você ainda não sabe!

1- Distribuição e revenda de Botijão de Gás GLP são serviços de utilidade pública

No Brasil, de acordo com o IBGE, 95% dos lares utilizam o GLP para cocção. O setor de GLP é considerado um serviço de utilidade pública, assim como luz, água e telefone. No entanto, não há concessão do governo para funcionamento das distribuidoras e revendas de GLP, sendo necessário
cumprir as normas estabelecidas pela ANP.
Atualmente são 20 distribuidoras autorizadas pela ANP, garantindo maior concorrência entre os agentes do mercado. E uma forma de comparar o preço do gás é através do aplicativo da Preço do Gás, onde é possível encontrar todas as marcas que gás. Então o consumidor chama gás no app da Preço do gás e compara o preço do botijão entre as revendas do seu bairro.

2 – O mercado de Botijão de Gás GLP é uma atividade regulada

A ANP estabelece os requisitos de GLP, visando garantir a segurança do consumidor e a regularidade do abastecimento em todo o território nacional. Além disso, o Inmetro avalia as distribuidoras, especialmente em relação à qualidade do botijão, e fiscaliza os sistemas de medição do GLP a granel.

3 – Preço do produtor não é determinado pelo governo

Na década de 90 iniciou-se a desregulamentação dos preços dos combustíveis, que foi concluída em 2001. Assim, desde janeiro de 2002, o Botijão de Gás GLP não goza de qualquer subsídio ou subvenção em nosso país, com liberação dos preços nas refinarias, importadoras e centrais
produtoras, sendo que a Petrobras continua respondendo por quase todo o suprimento.

4 – Preço do Botijão de Gás GLP não é tabelado para o consumidor final

Mesmo antes da última regulamentação em 2002, o preço ao consumidor final não era e não segue tabelado. No entanto, existe um monitoramento de preço semanal e mensal feito pela ANP. Cabe ao consumidor pesquisar preço e serviço.

5 – Consumidor tem poder de mercado com a portabilidade

O consumidor tem o direito da portabilidade de vasilhame, o que significa que ele pode trocar de marca de vasilhame sem burocracia nem custos adicionais. Em uma primeira compra, o consumidor paga pelo vasilhame e pelo conteúdo (GLP), e, em uma segunda compra, o consumidor pagará
apenas pelo gás, independentemente de qual marca ele comprar. Desta forma, não há um custo de saída para o consumidor que decidir trocar de marca, estimulando a competição no setor, que conta com cerca de 69 mil revendedores.

6 – Preço flutua. Depende do mercado externo

Com a nova política de preço da Petrobras para o Botijão de Gás GLP embalado em botijões até 13kg, que teve início de 07/06/2017, o GLP passou a ter seu preço atrelado aos mercados internacionais, cujas cotações flutuam diariamente, para cima e para baixo. Parcela significativa da demanda de GLP no Brasil é importada. Logo, há uma influência direta no mercado nacional.

7 – Matéria-prima: importante parcela do preço final

O valor pago pelo consumidor final é composto por 3 itens:
1) Preço do GLP na refinaria;
2) Carga tributária; e
3) Margem bruta da distribuição e revenda.
O valor do Botijão de Gás GLP na refinaria corresponde a cerca de 35% do preço do produto ao
consumidor final.

8 – Alta carga tributária para produto de relevância social

Recai sobre o Botijão de Gás GLP, além do PIS/COFINS (Federal), o ICMS (Estadual) que flutua de 12% a 18%, dependendo do Estado, o que é uma carga incompatível com outros gêneros de primeira necessidade como os produtos da cesta básica, tributados pelos governos estaduais e federal.

9 -GLP empresarial oferece gasoduto virtual

A entrega porta a porta, seja na modalidade envasado ou granel, torna a logística um dos itens mais importantes na composição do preço final do produto. Essa moderna solução representada pelos dutos virtuais, onde caminhões abastecem tanques nos estabelecimentos ou trocam os cilindros
vazios, é a mais econômica entre todos os modais de transporte.

10 -Entre monopólio e múltiplos agentes, prefira a segunda opção

Com diversos agentes o consumidor tem o direito de escolher o provedor que melhor lhe convém, diferentemente dos serviços concedidos, onde o consumidor fica refém de um único fornecedor de produto. Para Botijão de Gás, diferente dos outros serviços de energia, chama gás  pelo app e não
precisa ficar preso a uma marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo