As 6 plantas mais bonitas para alegrar e enfeitar a sua casa!

Poucas coisas enriquecem e embelezam tanto um ambiente quanto as Plantas. A presença delas é natural e viva, e deixam a nossa casa mais fresca e aconchegante.

É sempre muito difícil escolher as espécies para decorarmos e deixar nossos espaços mais leves e coloridos. São tantos belos exemplares, mas depois de muito pensar, eu vou compartilhar com vocês as plantas mais bonitas para alegrar e enfeitar a sua casa!

Mas uma dica importante: procure um especialista – Jardineiro ou Paisagista – para avaliar quais tipos de plantas você pode ter na sua casa, conforme o clima, o recipiente para plantio, o solo, a incidência de sol e de ventos.

Cada espécie tem exigências de cada um desses itens para crescer e estar sempre bela e saudável. Afinal, a última coisa que queremos é machucar uma planta, não é mesmo?

Cactos

É uma planta perfeita para fazer companhia a quem não tem tempo ou jeito para cuidar. Elas não exigem grandes cuidados como muitas outras espécie, na verdade elas são bem simples e convivem bem até com donos muito esquecidos.

Pela sua variedade de tamanhos e formas, você pode ter um pequeno na mesa do escritório e um grande no jardim. São plantas vistosas e vivem muito bem com muita luz direta e pouca água. Aliás, elas não suportam excesso de água e podem até morrer.

Os Cactos não precisam e nem dedem ser podados e crescem bem em vasos, porém é recomendado trocar à medida que ela for crescendo.

 

Samambaias

São umas das espécies e queridas nas casas dos brasileiros. Formam belos conjuntos decorativos em grandes salas e jardins.

O gosto por elas vem do porte grande delas e da forma como crescem. Normalmente são usadas em arranjos suspensos para que fiquem pendentes e criem formas belas e elegantes.

Porém, ao contrário dos Cactos, as Samambaias requerem cuidados maiores. Elas precisam de solo úmido e rico em compostos. Devem ser mantidas à sombra ou meia-sombra. São ideais para ambientes úmidos, mas cuidado: nunca deixa elas em contato com ventos.

Árvore-da-felicidade

É uma bela planta de folhas verde-escuras, delicadas e pequenas. Quando bem cuidadas, formam um conjunto vistoso e elegante. Ela se desenvolve melhor em áreas mais iluminadas e aceita sol pleno.

Muita gente atribui a elas a harmonia e sorte na casa, mas para isso ela é como o bonsai: devemos ganhar uma de presente. Para ter as boas energias que emanam delas, é recomendado plantar o macho e a fêmea no mesmo vaso. E importante: elas não aceitam ar condicionado ou vento excesso.

Orquídeas

É a minha planta preferida e não faltam motivos.

Certamente uma das plantas mais belas e vistosas, além de elegância e delicadeza características, são uma das espécies mais usadas nos interiores das casas.

E inspiram cuidados. As Orquídeas precisam de meia-sombra com luz indireta, portanto é importante ver se o local de destaque dado a ela na casa atende estes requisitos.

Uma forma de ver se elas estão saudáveis é a cor das folhas: quando amareladas, estão recebendo luz em excesso e quando estão em tom de verde-escuro, estão com falta de luminosidade. Os vasos ideais para elas são os de barro, que drenam melhor a água e devem ser trocados por maiores á medida que elas crescem.

A rega deve ser diária, mas nunca diretamente nas pétalas para evitar o excesso de umidade. Neste link você pode muito mais informação a respeito desta planta belíssima e altiva como nós!

Cróton

É uma bela espécie de folhas grandes e coloridas, brilhantes e um pouco retorcidas. Elas se apresentam em diversos tamanhos e em tons – vermelho, banco, rosa, verde ou laranja.

Para ser mantida com a exuberância que a marca, é preciso mantê-la em sol direto com abundância. O ideal é que ela fique próxima a uma janela, então. Importante: ela não se adapta bem a locais com ar condicionado e sua seiva pode provocar irritação na pele, portanto é recomendado usar luvas na hora de cuidar dela.

Lança-de-São-Jorge

É uma planta que transmite elegância e beleza justamente na simplicidade de suas formas de folhas cilíndricas, verticais e rígidas. Além disto, existe uma mística de que ela traga proteção ao lar onde vive.

É ideal cria-la em ambientes à meia-sombra, mas também é possível ser mantida com sol pleno. Não é preciso muita água, basta regar uma vez por semana e lidam bem com ar condicionado. É uma planta pesada e se projeta longamente na vertical, portanto recomenda-se um tutor para escora-la.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo