Confira 4 dicas de como acertar em um presente masculino!

Os homens sempre sofreram muito para presentear suas namoradas, esposas, filhas e até mães. E continuam sofrendo, porque o universo feminino em opções só se expande cada vez mais – e o pensamento macro masculino não lida bem com isso.

Sabemos que a nossa inconstância de gostos ajuda na tarefa, mas a realidade é que os homens também passam por isso. O mundo masculino tem hoje uma variedade de dicas para presente que deixa impressionada a mais experiente das mulheres.

Mas com algumas dicas de como acertar em um presente masculino, você pode surpreender um homem.

Vamos falar de algumas.

1 – Você conhece o estilo dele?

Saber qual é o estilo do homem a ser presenteado é tão importante quanto as preocupações que eles devem ter para comprar presentes femininos – sim, a maioria deles não têm, mas é tema para outro artigo.

Existem os homens clássicos, os modernos e os descolados – para ficarmos em 3 grandes divisões. Conhecer um pouco do mundo dele e dos gostos mais visíveis pode ajudar a escolher.

Mas uma primeira dica valiosa: fuja do óbvio! O mundo masculino da moda e dos interesses cresceu demais nos últimos anos para ficarmos presas aos presentes de sempre: meias, gravatas, carteiras e perfumes.

Eletrônicos pequenos e médios, livros temáticos, itens de colecionismo são ótimas opções. E a lista está só começando.

2 – Ele tem um hobbie? Aposte nos acessórios!

Os homens são centrados no plano superior dos assuntos que domina. Se ele é apaixonado pelo time, certamente já tem a camisa, mas pode não ter aquele livro sobre a história dos títulos.

Eles são realmente surpreendidos pelos detalhes deste universo porque acham que já dominam o que mais importa.

Se ele é aficionado em pesca, não dê uma vara ou molinete de última geração. Você corre o risco de rivalizar com uma que ele tem e ache melhor. Dê acessórios, como as iscas artificiais, uma boa loja física ou online do ramo tem muitos itens.

Se ele já expressou desejo de começar um hobbie, como o modelismo, você pode dar algo para ele começar. Em todas estas situações, você demonstrou um interesse real pelo que diverte ele de verdade, fora de todas as rotinas.

3 – Roupas? Sim, mas com estilo!

A moda masculina cresceu muito e se democratizou nas últimas décadas, alguns itens não estão mais presos a idade ou nível social.

Certamente não vamos sair presenteando um homem de 60 anos com uma camiseta lenhador. Mas ele pode gostar de motos, e uma jaqueta estilosa será infalível.

O importante é sair do básico camisa branca porque é advogado ou gravatas de luxo porque é diretor de empresa. Aliás, contrariando um senso comum, os homens atuais não gostam de presentes que lembrem trabalho. Isso eles compram.

Já pensou em pulseiras e colares?

As pulseiras e colares fazem muito sucesso hoje em dia entre homens de todos os estilos – e estes acessórios têm beleza e variedade para todos eles.

O importante é conhecer bem o estilo dele: quanto mais marcante, mais fácil será a tarefa. Afinal, uma pulseira náutica para um jovem indie pode não ser uma boa escolha.

E saber a opinião dele a respeito de pulseiras e colares é importante. Se ele já usa, melhor ainda. Mas um acessório desses, com qualidade de acabamento e um traço marcante da personalidade, certamente fará sucesso.

4 – Marca ainda importa!

Sim. Assim como acontece com carros, os itens de marca ainda fazem sucesso no imaginário de status de muitos homens – e de muitas mulheres também, claro. E não quer dizer luxo necessariamente.

Então ao investir numa blusa, pense em uma marca masculina que tenha renome e que seja do mesmo estilo das lojas que ele normalmente compra – ou seja, fuja do óbvio de comprar onde ele compra.

 

Caso queira conferir mais dicas de presente e promoções no universo masculino, acesse Outlet Calvin Klein.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo