Lugar de mulher gamer é no jogo online, sim!

Por muitos anos as mulheres foram minoria entre os gamers e este mercado era considerado um mundo masculino. Nada tão diferente dos números recentes que demonstram: o lugar da mulheres é no jogo online, sim!

Um pesquisa do Game Brasil 2018, uma pesquisa da ESPM em conjunto com Sioux e Blend New Research, mostra que 59% do público de gamers no Brasil é de mulheres.

É uma tendência de participação cada vez maior: em 2015 a mesma pesquisa apontou um percentual de 47% e em 2013 foi de 41%.

E quem pode achar que estamos em busca apenas de jogos de meninas, é um outro erro de avaliação: as mulheres querem jogar – e jogam todos os estilos, dos quebra-cabeças a corridas, dos caça-tesouros a grandes batalhas.

Uma coisa é certa: jogo online é coisa de mulher sim! Veja os mais acessados pelo mundo. As opções de diversão só melhoram!

O celular é o meio preferido das mulheres gamers!

Os celulares e smartphones vem se tornando os meios preferidos de gamers do mundo todo e os motivos são muito visíveis:

  • Comodidade: podemos nos distrair em qualquer lugar, até mesmo quando viajamos.
  • Diversidade de títulos: a cada dia, mais jogos são lançados para a versão mobile.
  • Evolução dos aparelhos: os celulares e, em especial os smartphones, têm evolução tecnológica constante, criando modelos que vão permitindo o uso de jogos mais sofisticados.
  • Custo menor: a concorrência das operadores de celular é muito grande e isso deve – assim esperamos! – nos favorecer, quando disputamos preços melhores por planos até superiores.

Além destes motivos, que atingem todas as pessoas, nós mulheres temos uma dinâmica social que combina com os celulares: jornadas duplas, no trabalho e em casa, cuidar de filhos e uma série de outros compromissos.

Além disto, os consoles e computadores são quase propriedade de filhos ou exigem estarmos parados em um lugar. É bem mais simples e cômodo usar o mobile nos jogos.

As muitas heroínas do mundo dos games online!

No mundo dos games, as mulheres vem aumentando seu espaço não só jogando do lado de cá da telinha, mas também protagonizando alguns dos mais famosos games.

Elas transmitem toda a força mental, determinação e resiliência, algumas das características do mundo real feminino, desde a já lendária  – e ainda muito ativa – Lara Croft de Tomb Raider, passando por Ellie de The Last Of Us e Lunafreya de Final Fantasy XV, só para citar algumas das muitas.

Uma questão que vem crescendo nos últimos tempos, e com muita propriedade, é a visão de construção destas heroínas, muito mais próximas fisicamente do ideal masculino do que da realidade de nós mulheres.

Certamente adoramos e vamos entrar cada vez mais fundo no universo de desafios das nossas heroínas e fará bem nos identificarmos em mulheres fortes, decididas e também mais próximas de nós.

Os muitos desafios de ser uma mulher gamer!

O mundo gamer foi quase exclusivamente masculino por muitos dos anos iniciais, pelos jogos que eram criados – corridas, espaçonaves e batalhas com protagonistas masculinos e mulheres em atuações secundárias.

Por anos, as mulheres foram conquistando aos poucos um espaço, mas ainda temos muito a superar nos ambientes de jogos online: a discriminação dos homens quanto à capacidade, o conhecimento e – o pior de tudo – o direito de estar ali jogando.

São comuns os relatos de mulheres que criam um nickname masculino para poder jogar online. Felizmente as meninas vão derrubando o preconceito e transformando o universo gamer em um lugar de batalhas mais democrático!

 

Você é gamer, curte as nossas heroínas e outros jogos online? Acesse friv para encontrar uma lista completa de jogos e garantir a sua diversão!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo